Notícias

Saúde 20/07/2020

Prefeitura de Paraíba do Sul vacina 18.481 pessoas contra a Gripe

Em março de 2020 teve início a campanha de vacinação contra Gripe. Diferente dos últimos anos onde seu início era em abril, o Ministério da Saúde implantou esta estratégia para garantir que o público prioritário fosse imunizado contra os vírus mais comuns da gripe e isto colaborasse para o diagnóstico de diferenciação do novo Coronavírus, visto que a vacina contra gripe não tem eficácia sobre este. 

De 23 março até o final de junho o município adotou a estratégia de vacinação domiciliar, tendo como grupos prioritários adultos de 55 a 59 anos; idosos acima de 60 anos; profissionais da saúde e educação; doentes crônicos; profissionais de forças de segurança e salvamento; motoristas de transportes coletivos e caminhoneiros; crianças de 6 meses a 5 anos completos; gestantes, puérperas e deficientes. A ação foi planejada com o objetivo de controlar a disseminação do novo Coronavírus, tendo em vista que este se propaga com facilidade onde haja aglomeração de pessoas.

Durante o mês de julho uma nova estratégia foi aplicada com o intuito de flexibilizar o atendimento, de acordo com a disponibilidade do público alvo. Sendo assim, considerando que haviam apenas resíduos a serem vacinados, a Coordenação Municipal de Imunização deliberou a continuidade da campanha no Materno Infantil.

A meta elencada pelo Ministério da Saúde era de que a soma dos grupos de risco, sendo 13.592, efetivamente cadastrados na Atenção Primária fosse vacinada. No entanto, com a flexibilização de cadastros de moradores do município através de um aplicativo de mensagens instantâneas, a equipe municipal de imunização vacinou 18.481 pessoas.

A avaliação e mapeamento periódico de estratégias, partem do princípio da Prefeitura de Paraíba do Sul que visa garantir o acesso à saúde de qualidade a todos os munícipes. Dessa forma, os setores se disponibilizam, constantemente, à avaliar e considerar novos métodos para que a população possa ser atendida da melhor forma. 

Cobertura Vacinal

Após 3 prorrogações realizadas pelo Ministério da Saúde, a campanha teve término no dia 10 de julho.

Maiores de 60 anos: 124,07%
Profissionais da Saúde: 111,75%
Puérperas: 102,99%
Comorbidades: 134,23%
Professores: 90,62%
Gestantes: 80,54%
Adultos de 55 a 59 anos: 91:73%
Crianças de 06 meses a 05 anos completos: 93,71%
Caminhoneiros: 39 pessoas
Motoristas: 50 pessoas
Militares: 99 pessoas

Clique neste link para acessar o Boletim Completo.