Notícias

Assistência Social 24/07/2020

CREAS de Paraíba do Sul adere à campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Paraíba do Sul aderiu à campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica. A campanha, lançada em âmbito nacional no mês de junho, é uma iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em Paraíba do Sul a campanha é uma parceria entre o CREAS, autoridades policiais e farmácias do Município.

O objetivo da campanha é incentivar denúncias de violência contra a mulher por meio de um símbolo: a mulher vítima de violência deve desenhar um “X” na mão e mostrá-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, que atenderá à vítima em sigilo e comunicará o fato ás autoridades.  A ação já conta com a participação de mais de 10 mil farmácias em todo o País. De acordo com o Advogado e Coordenador do CREAS, Casil da Silva Pinto o objetivo é que todas as farmácias de Paraíba do Sul façam parte do programa. “A equipe multisetorial do CREAS vai visitar todas as farmácias da Cidade para orientar os proprietários sobre a importância do engajamento na ação. A previsão é que as visitas se encerrem no dia 07 de agosto e estamos confiantes que todas as farmácias façam adesão ao projeto”, disse Casil.

Após a denúncia, os profissionais das farmácias seguem um protocolo para comunicar a polícia e ao acolhimento à vítima. Balconistas e farmacêuticos não serão conduzidos à delegacia e nem chamados a testemunhar. As estatísticas de violência contra a mulher evidenciam a importância desta campanha. Em março e abril, o índice de feminicídios cresceu 22,2%, de acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Já as chamadas para o número 180 (Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência) tiveram aumento de 34% em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo balanço do governo federal.

Para saber mais sobre a campanha siga a ação nas redes sociais e marque #campanhasinalvermelho

Twitter: @sinalvermelho

Instagram: @campanhasinalvermelho

Facebook: @campanhasinalvermelho